Ligue!
19 3802.2020

Tudo para decorar o interior da loja e criar um clima encantador

 

O planejamento visual da empresa pode encantar o cliente e garantir mais vendas. Abaixo, veja alguns tópicos de como criar um espaço interno muito mais bonito, interessante e organizado.

As dicas completas estão na cartilha do Sebrae. É só clicar no link, no rodapé da página, e conferir todas as recomendações dos especialistas. Tudo fácil de seguir e com resultados comprovados.

Bom trabalho!


 

Organize o espaço da loja: para realizar uma boa decoração da loja no Natal, o primeiro passo será fazer
a divisão do ambiente. Pense em como organizar o espaço para expor artigos sem atrapalhar a movimentação dos clientes.
Se for criar um espaço específico para crianças, enquanto os pais compram sem preocupação, ou um
local para descanso de clientes, enquanto analisam se vão levar determinado produto, faça um planejamento: liste tudo o que deseja e o que precisa para que isto saia do papel.
Também pense no espaço para a organização do estoque e na quantidade de prateleiras ou araras
para os produtos.

Cores: organizado o espaço, decida quais serão as cores que darão vida à sua loja no Natal. Se for uma loja infantil, use as cores vibrantes. Já em uma loja sofisticada, seja mais ousado utilizando tons
pretos, dourados ou prateados. Em uma loja dedicada à prática de esportes radicais ou à vida ao ar livre, os tons mais adequados são os que remetam à natureza.
Na decoração, a cor é tudo. Por isso, saiba escolher aquela que melhor combina com o projeto da sua
loja de Natal.

Exposição: os grandes protagonistas de um ambiente comercial são, sem dúvida, os produtos. Assim, a regra “quanto mais melhor”, deve ser aplicada com cautela, pois ninguém gosta de entrar em uma loja vazia, muito menos numa loja tão entulhada que, além de não se ver quase nada, ainda torna-se impossível trafegar.

É importante encontrar um meio-termo para exibir os produtos de forma criativa e também funcional:
Coloque sempre os produtos ao nível dos olhos das pessoas. Para as crianças, a exposição deve ser ao nível dos olhos dos pequenos, mantendo uma média de 1 a 1,5 metro de altura a partir do chão.

 

Prateleiras: mantenha as mais estreitas em cima para os objetos mais leves. As mais largas, abaixo, para posicionar os objetos mais pesados.

Prateleiras ou estantes uniformes, dispostas ao longo de uma parede inteira, proporcionam um
visual agradável e organizado, permitindo destacar mais os produtos e menos a decoração.
Esta solução é ideal para uma sapataria ou livraria, por exemplo.

Tenha a certeza de que o resultado será uma exposição visualmente agradável e segura, tanto para os
clientes quanto para os seus produtos.

Agrupe produtos: agrupe os produtos de acordo com o seu gênero (tênis e artigos de esporte), por cores (em uma loja de decoração e presentes crie um “cantinho verde”), ou por funções, como velas e castiçais, sapatos e bolsas. Todas são formas fáceis e eficazes de organizar a sua loja para este Natal.

Espaços-modelo: são pequenos espaços exibidos como “modelos” espalhados pela loja com a combinação de vários artigos, que ajudam os clientes a visualizar como ficariam os artigos em suas casas.

No caso de vestuário, é possível vestir um manequim com a combinação de calças, camisa e acessórios.
Lembre-se que as pessoas sentem-se atraídas pelo visual e apreciam uma combinação criativa.
Iluminação da loja no Natal: a iluminação é muito importante na criação de ambientes e no destaque.
Dê foco aos produtos que deseja vender mais rapidamente.

Vida às paredes: para dar vida às paredes decoradas com motivos de Natal, utilize tecidos e transparências para ocultar cabos ou canalizações expostas. Outra alternativa é reunir ilustrações, capas de revistas, “clippings” de livros ou fotografias com uma sequência histórica alusiva aos produtos de sua loja.
Pendure artigos no teto, fixe-os na parede com ganchos originais ou exiba roupas e bijuterias em molduras
divertidas e modernas. Caixas e cestos: As caixas decorativas ou cestos também
são excelentes expositores para objetos pequenos, avulsos ou até, para exibir lenços ou gravatas.

Plantas e flores: plantas e flores (naturais ou artificiais) oferecem sempre um ar fresco a qualquer
espaço. Refrescantes e tranquilizadoras, são ainda perfeitas para camuflar zonas ou objetos menos
agradáveis.

Precificação: coloque preço nos produtos, pois além de ser lei e estar no CDC - Código de Defesa
do Consumidor, mercadorias bem sinalizadas vendem mais rápido. Inove na forma como exibe
as etiquetas de preços: folhas de árvores, papéis adesivo, peças de origami, cartões ou postais com
imagens referentes à loja ou aos seus produtos.


Fonte: Cartilha Sebrae Venda Mais Natal

 

 

 

tags: natal, decoração, vendas






<< Voltar