Ligue!
19 3802.2020

Como faço para reduzir ou cortar custos na minha empresa sem perder qualidade?

 

 

 

No momento de dificuldade, elimine as despesas desnecessárias, mantenha o controle, além de evitar desperdícios. Considere também:

 

Analisar contratos secundários, como de telefones, transporte, energia elétrica, material de escritório e de limpeza O intuito é checar se o que está sendo cobrado é o que está sendo entregue.

Cafeteira simples ou de última geração?

Material de limpeza a granel ou em compras pequenas e separadas?

Sistema de iluminação inteligente ou abrir as janelas para aproveitar a iluminação natural?

Trocar de fornecedor.

 

Segundo o estudo da Expense Reducton Analysts (fonte revista exame PME Julho/13), a economia pode ser de 28% em serviços de telecomunicações, 23% de impressão de documentos, 21% com limpeza, 20% com embalagens, 19% com seguros, 19% de fretes e viagens e 17% com alimentação.

Usar tecnologias adequadas a seu negócio não agrega custos, exemplos: linhas tradicionais por serviço de mensagens, Skype e chamadas por Whattsapp, são algumas ideias.

 

ILUMINAÇÃO

Troque as luminárias antigas pelas mais eficientes, que dispõem de espelhos, pois elas refletem a luz e necessitam de menos lâmpadas. Caso a empresa possa trocar equipamentos antigos por novos, a dica é procurar aqueles com a faixa “A” de consumo de energia elétrica, pois ajudam a empresa a economizar na conta de energia.

 

TARIFAS BANCÁRIAS

Outra dica é olhar para o total das tarifas bancárias pagas mensalmente. Algumas empresas chegam a pagar cerca de R$ 50,00 pela tarifa mensal de uma conta, ou seja, se a empresa possui mais de uma conta bancária este valor tende a ser maior.

 

PERGUNTE AOS FUNCIONÁRIOS COMO REDUZIR CUSTOS

Dissemine essa cultura entre todos os funcionários. Faça com que eles deem sugestões de redução de custos e eliminação de desperdícios, reverta parte da economia gerada para eles mesmos.

E quando se trata de mudança de cultura, não se esqueça de ser o primeiro a dar o exemplo!

 

Fonte: Cartilha Alavanque sua empresa – Sebrae

 






<< Voltar